Cafés Suspensos ou Solidários?

Dois amigos entram num café, e enquanto se aproximam das suas mesas, duas pessoas dirigem-se ao balcão, “Cinco cafés, por favor. Dois deles para nós e três suspensos.” Elas pagam os cinco cafés, levam dois e saem.
“O que são esses cafés suspensos?”, pergunta um dos amigos.
“Espera, já verás.”, responde o outro. 
Em seguida, o pedido é de sete cafés e é feito por três advogados – três para eles e quatro “suspensos”. Enquanto o rapaz ainda se perguntava sobre qual o problema com os cafés “suspensos”, aproveitou o tempo ensolarado e a bela vista para a praça em frente ao café.     De repente, um homem vestido com roupas esfarrapadas, que parece um mendigo, entra pela porta e pede gentilmente, “Tem um café suspenso?”

A tradição de pagar com antecedência um café para quem não pode pagar uma bebida quente, ou simplesmente, para o próximo que pedir a bebida começou em Nápoles, na Itália, e se espalhou por vários locais do mundo, onde você pode pagar não só pela bebida como também por um sanduíche ou refeição completa.

Apesar de não ser tão conhecida no Brasil, podemos encontrar a corrente dos “cafés suspensos” em algumas regiões do país como na Zona Oeste de São Paulo.

A ideia inspirada vai além de oferecer um café para uma pessoa desconhecida, a proposta desperta em nós o sentimento de solidariedade e de ajuda àqueles que não podem pagar para consumir, construindo uma sociedade mais sensível e solidária ao próximo.

Fazer o bem, nunca foi tão fácil!

Quer saber mais?  Iniciativas e ações inspiradas pelo “Café Suspenso”

http://ciclovivo.com.br/noticia/estudantes-de-brasilia-querem-implantar-cafe-suspenso-em-universidade

http://www.publico.pt/local/noticia/caridade-preventiva-ou-bondade-inesperada-cafes-suspensos-estao-a-entrar-no-pais-1632050

https://www.youtube.com/watch?v=4UX-LowkXfI

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *